domingo, 2 de dezembro de 2007

(Sem Título)

O céu passou bem rápido hoje...

O Sol perdeu a hora.
Os passarinhos ficaram desnorteados, sem saber onde voar...
Foram para as árvores mais cedo.
As nuvens nem sequer apareceram.

Tudo escureceu...
As estrelas e a Lua correram apressadamente atrás dele para tentar fazer noite,
Enquanto os postes e janelas tentavam ajudar com suas luzes elétricas.

Eu via tudo da minha janela...

E rezava para que o céu não caisse na minha cabeça.

3 comentários:

  1. Surpreendentemente melhor do que o esperado.

    E eu acredito em você, num sabe?
    Versos meritórios.

    ResponderExcluir
  2. E eu rezo para que minha cabeça caia no céu...

    ResponderExcluir

Comente, se você não for um andróide.